Cantinflas – A Magia da Comédia – Resenha do Filme | Cinema

73742_f1Apesar da correria da vida, um filme sempre cai bem, e atualmente, seja por pesquisa, estudo, ou por puro prazer de passar o tempo, tenho voltado a assistir mais filmes (ou séries), independente do tema do filme, seja ele considerado cristão ou não, lançamento ou não, estarei comentando o que assistir aqui no blog. E hoje, quero falar um pouco sobre Cantinflas – A Magia da Comédia, lançado em 2014.

O curioso nesse filme, é que apesar dele narrar a biografia do maior comediante mexicano, Cantinflas, nome artístico de Fortino Mario Alfonso Moreno Reyes (1911- 1993) o filme esta marcado como sendo do gênero Romance/Drama.

Pois é, provando que nem a vida de um palhaço é formada apenas de risos. Pelo contrário.

A historia, que buscar apresentar os principais detalhes da vida do ator, é de uma beleza só, seja visualmente, com sua fotografia, sua direção, quanto em termos de roteiro.

Começamos com seu inicio pobre, ainda sem ter noção exata do que deseja ser na vida, com sua procura de se encontrar como pessoa e artista, e sobreviver com os míseros trocados que ganhava por seus trabalhos.

~ Trailer do Filme Cantinflas ~

O verdadeiro Cantinflas - Mario Moreno
O verdadeiro Cantinflas – Mario Moreno

O filme mostra uma pessoa alegre e descontraída, extremamente sincera em suas palavras, dono de um improviso invejável, e que após se encontrar como ator, tinha um sonho, ser o melhor naquilo que fazia, mudar sua vida e de sua mais nova família.

Sendo um homem amoroso, e divertido, conquistou o coração de sua esposa Valentina Ivanova e com ela vieram o cunhado (Estanislao Schilinsky) e esposa. Nessa busca de sucesso artístico, eles foram seus companheiros indo de teatro em teatro, atuando, buscando evoluir e conquistar seu público. Essa parceria muda, quando Cantinflas é aceito e adorado pelo público mexicano, sendo ele sozinho, a estrela maior.

Ainda na busca de narrar a vida do personagem o roteiro não esquece de pontuar as falhas dessa estrela luminosa que foi o Mario Moreno/Cantinflas. Com o passar do tempo, a cada conquista, trabalho e atuação, o personagem se afasta do que o fez tão único, e precisa enfrentar suas falhas pessoais, como artista amado pelo povo, e como marido, pois os escândalos com outras mulheres não deixaram de acontecer.

Problemas pessoais, todos tem, e com o ator não podia ser diferente, não importa o quanto ele visse a vida de forma alegre, a tristeza esta onde menos se espera. E é aqui, que a personalidade forte e marcante desse ator prevalece, lutou por sua liberdade criativa acima de tudo, e soube extrair das piores situações oportunidades, para conquistar seu público e adquirir conquistas mais elevadas em sua carreira, como o filme “A volta ao mundo em 80 dias”, que ganha destaque na narrativa, inclusive por ter ganho o Oscar de melhor filme.

Rei na improvisação, soube usar seu talento inclusive quando a vida lhe pregou peças. Amadurecendo e recuperando-se no momento certo, para não perder o que realmente era importante para ele.

Cantinflas, na Calçada da Fama.
Cantinflas, nome na Calçada da Fama.

No geral, eu senti que tinha muito mais a descobrir desse comediante, e que o filme foi mais direto, deixando coisas que poderia ter abordado, assim como também lamentei o pouco tempo de presença e fala de alguns artistas, como os personagens de Charlie Chaplin, e Elizabeth Taylor, interpretada pela Barbara Mori, apesar de saber que é uma homenagem rápida também.

Gostei das interpretações, mas destaco os atores protagonistas Oscar Jaenada (Cantinflas – Mario Moreno) e Ilse Salas (Valentina Ivanova), que realmente transmitem grandes emoções de seus papéis.

Apesar de qualquer falha que possa ser apontada, o vi como um filme inspirador e instigante, nos motivando a manter nossos princípios artísticos, a reconhecer nossas próprias limitações como pessoas, e assim, trabalharmos focamos naquilo que sabemos realizar melhor.

O humor é sutil, ficamos mais presos em saber como, quando e até onde vai a história do artista do que rindo de suas anedotas.

Vale a pena assistir, se você é assinante da Netflix, pode clicar aqui para conferir. Se curtiu a dica, ou se já assistiu, deixe aqui seu comentário!

Até o próximo post! 😉

🌟Curta o Blog Michelle Ramos no Facebook clicando aqui.

🌟Inscreva-se no Vlog da Michelle Ramos clicando aqui.

🌟Inscreva-se no Canal Zine Brasil clicando aqui.

🌟Siga no Twitter clicando aqui.

🌟Siga no Instagram aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s