[Literatura] Resenha: Livro, “A Promessa”, de Richard Paul Evans

11805712_10205475303614415_224989298_nDesde sempre gostei de leitura, culpa da minha mãe, que pra onde ia, estava com um livro debaixo do braço, inclusive muitos eram romances apaixonados, daqueles que arrebatam os românticos de plantão, fazia bastante tempo que não me perdia lendo um desses, lendo muito quadrinhos e livros sobre distopias atualmente, não dei muita atenção quando meu esposo chega em casa dizendo que “achou” um livro romântico que achava que eu ia gostar de ler, pois era muito interessante a forma como o autor tinha escrito.

Esse fim de semana, só vendo água pela frente, muita chuva em Recife, fui arrumar minha lista de quadrinhos recebidos para leitura e resenha, daí me deparei com ele no meio da estante, peguei e fui finalmente ler as informações, daí percebei que tinha simplesmente apagado a informação “autor” que meu esposo havia me dado, e só agora, ao ler realmente as informações, percebi que se tratava de um homem escrevendo a historia (sim, olha o preconceito rsrsrs) é óbvio que já tinha visto homens escrevendo romances com mulheres protagonistas, e eu também cheguei a gostar, mas esse teve um “Q” a mais.

Antes de mais nada, já que falo pra caramba, esse romance trata da historia de Beth Cardall e o seu Segredo.

Segue a sinopse:

Ela havia perdido todas as esperanças… e encontrou um homem que cumpre suas promessas…
Beth Cardall tem um segredo. Durante dezoito anos, ela não teve escolha senão guardá-lo para si, mas, na véspera do Natal de 2008, tudo isso está prestes a mudar.
Para Beth, 1989 foi um ano marcado pela tragédia. Sua vida estava desmoronando: sua filha de seis anos, Charlotte, sofria de uma doença misteriosa; seu casamento transformou-se de uma relação aparentemente feliz e carinhosa em algo repleto de traição e sofrimento; seu trabalho estava por um fio e ela perdera totalmente a capacidade para confiar, ter esperanças e acreditar em si mesma. Até que, um dia extremamente frio, após atravessar uma nevasca até a loja de conveniência mais próxima, Beth encontra Matthew, um homem misterioso e encantador, que mudaria de uma só vez o curso de sua vida.

Sim, tem todo aquele clichê encantador de livros românticos, mas tire o sexo (isso mesmo, ele não mostra nada disso), tire a visão de um autor sobre as reações de personagens que poderiam existir e coloque uma personagem que realmente poderia existir, tendo reações, e atitudes que qualquer mulher poderia ter, frases que qualquer mulher iria realmente falar, sendo escrito por um cara (olha aí como ela é preconceituosa rsrsrs) e você ganha minha atenção. Amo personagens que existem, sim, personagens que quando você lê tem a sensação que pode encontrar ali na esquina da sua casa. É no personagem que me guio, ele que manda em mim, se ele me atrai, vou com ele pra qualquer lugar rsrsrs.11798429_10205475302894397_1677394942_n

Eu simplesmente comia cada página, (288) querendo saber qual o grande mistério que havia entre a Beth, seu esposo Marc, a doença misteriosa de sua filha Charlotte e o encantador Matthew, isso com meu marido falando com tom de ironia “é um homem que escreveu visse? Ruim né?”, eu respondia rindo: “Horrível, agora faz silêncio e deixa eu ler!”.

O livro é narrado em primeira pessoa, e traz a Beth conversando conosco 18 anos após toda a historia que viveu, e nos fazendo voltar no tempo para sabermos tudo que ela viu e viveu nesses anos, onde temos a apresentação de um marido ausente devido ao trabalho, mas carinhoso, uma família feliz, mas com seus segredos obscuros, que a protagonista vai descobrir tudo de uma vez só.

A vida dessa mulher vira do avesso ao descobrir que tem um marido que precisa de perdão, e uma filha que precisa de cuidados imediatos devido a uma doença difícil de diagnosticar, e um homem misterioso que sabe mais dela que ela mesma. Falar mais que isso é dá spoiler, e particularmente, eu achei que a sinopse pública do livro falou demais, (felizmente, não contou tudo rsrsr).

E é por esse segredo, que a Beth guarda esses anos todos, é por causa desse curioso mistério, que eu gostei do livro, ele traz em si não apenas a ficção do romance, mas outros detalhes que enriquece a narrativa do autor, e valoriza ainda mais a experiência de vida da personagem.

Com suas provações, nos instiga a manter a fé em dias melhores, (não existe pregações ou especificações religiosas, apesar de uma oração mostrar que a personagem é cristã) a procurar manter viva a chama da esperança no ser humano, onde cada ser, é um, e não importa o erro que alguém cometeu, as pessoas não são todas iguais.

Já deveria ter sido adaptado para o cinema. Estou até com vontade de ler de novo. Recomendo.❤

Obs: Na Saraiva o livro está custando 29,90.

Curta o Blog Michelle Ramos no Facebook.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s