Filme “BELIEVE ME – Só é pecado se você for pego”, estreia em Setembro

No filme quatro jovens manipulam fiéis de uma Igreja para arrecadar dinheiro e pagar a Faculdade.

Belive Me” (Acredite em Mim, em tradução livre), é uma produção cinematográfica Americana que será lançada em 26 de Setembro de 2014. Segundo informações de sites como Gospel + o tema central traz um grupo de amigos que utilizam técnicas de persuasão usadas por pastores famosos na TV para manipular uma igreja e arrecadar dinheiro para uso próprio.

Obelieve me- filme cartaz personagem principal, Sam Atwell, interpretado pelo ator Alex Russell (no meio com a Bíblia recheada de verdinhas), está endividado e precisa conseguir dinheiro em três semanas para pagar sua faculdade. Então, ao perceber que as pessoas se sentem bem em doar, pensando que estão fazendo caridade, ele junta um grupo de amigos para aproveitar, e ficarem ricos.

A noticia ainda afirma que muitos cristãos americanos estão reclamando e fazendo críticas ao filme, se isso acontece mesmo é outra questão, mas bem sabemos que não é um tema novo, aqui no Brasil temos o exemplo da minissérie Decadência, baseada no livro homônimo de Dias Gomes, exibida em 1995 que na época muitos cristãos levaram a pensar no Edir Macedo como inspiração para o papel de Mariel Batista, vivido por Edson Celulari que usava palavras e chavões de “poder” para conseguir as doações e milagres da sua Igreja, chamada de o “Templo da Divina Chama”.

Minha crítica? Minha crítica deixo pro fato de o perfil cristão quase nunca ser positivo pelos criadores e artistas seculares, a maioria sempre enxerga o cristão como bitolado, tapado e ignorante, termos bastante usados aqui no Brasil. Com relação ao filme, claro que pode existir objetivos negativos no mesmo com relação aos cristãos, mas eu prefiro assistir para comentar sobre o mesmo, já que a única coisa divulgada é o tema e o trailer que você pode ver abaixo, e ainda assim, após assistir, muito provavelmente irei criticar a qualidade da historia e o perfil dos cristãos, pois quem em sã consciência vai negar o uso indevido da fé no Mundo? Gente que usam seu conhecimento, poder e a própria Bíblia para iludir as pessoas a se doarem e doar suas parcas economias para que eles continuem a crescer e andar de carro do ano?

A Bíblia diz: “Porque nada está encoberto senão para ser manifesto; e nada foi escondido senão para vir à luz” e ainda “Observai todas as coisas e retende o que é bom” Creio que esses acontecimentos servem para abrir os olhos de muita gente, é preciso parar de criar super humanos, e seres especiais e intocáveis dentro do corpo de Cristo e observar melhor as atitudes de “líderes” e passar a ser guiado em oração pela leitura da Palavra de Deus.

Existe gente oportunista em todo lugar e religião, mas infelizmente a do Cristianismo vem tendo destaque, e não poderia ser diferente, já que pregamos a bondade, honestidade, santidade, amor e etc. E mais, o filme é jovem, de humor, que obviamente esta fazendo uma critica enquanto as pessoas riem, assim como se faz na Comédia Stand up. Mas a grande questão é, vamos passar a vida escondendo os erros? Erros esses na cara e que muitos deixam pra lá por acreditarem que “não se pode tocar nos ungidos”? Cabe a cada um procurar viver decentemente e mostrar a realidade com sua própria vida, que não são todos os que se dizem cristãos, que são cristãos. Ainda existem limites para tudo, até pra ignorância, graças a Deus.

E Ainda corre o risco de sermos surpreendidos e algum personagem (ou o próprio protagonista) se converter de verdade no final do filme! Só Deus sabe! Sou uma moça de fé!😀


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s