Dica de Leitura: Revista Mãos Dadas #27

Terminei de ler a edição de Setembro de 2011 da Revista Mãos Dadas, edição #27, a revista de apoio aos que trabalham pela dignidade de crianças e adolescentes em situação de risco continua firme e forte em sua proposta de incentivar, apoiar, mobilizar e capacitar pessoas para trabalhar com essas crianças.

O destaque da edição é dado à questão da importância da família na vida da criança, com a matéria “Para toda Criança, uma Família” uma matéria que apresenta a situação de varias crianças no Brasil, justamente a perda do vinculo familiar, seja por descaso da família, violência urbana ou mau tratos, e aindacrianças e adolescentes que passam mais tempo na rua que em casa devido à falta de vinculo com sua própria família.

A matéria apresenta a questão de melhora no trabalho de casas de acolhimento, que devem ser consideradas um “refugio na tempestade”, mas que atualmente é um refugio permanente, o que não é o objetivo, é preciso lutar e mudar a forma de trabalho para que essas crianças tenham um futuro com novas famílias. A lentidão no sistema judicial também é abordada, como os absurdos números de que para cada 438.897 habitantes só existe um juiz da infância e juventude para julgar os casos, e em 2008 para cada 29 processos resolvidos, 71 continuam numa lista de espera, houve mudanças, mas ainda pequenas comparadas com a urgência de se melhorar a vida dessas crianças que já sofreram tanto.

Como de costume a revista traz testemunhos sobre pessoas que passaram por grandes dificuldades, mas com a ajuda de outras pessoas e diversas instituições cristãs pelo país conseguiram ter uma vida digna e com amor, ganhando uma nova família.

Outro ponto alto da revista é a uma pequena entrevista com o missionário James Gilberto, americano que trabalha no Brasil há 12 anos, a entrevista intitulada com a pergunta “Por que Deus não deixa a gente voltar para casa?” pergunta de um adolescente de 14 anos que estava abrigado na Casa Lar Betânia, em Araçariguama, SP. A entrevista aborda a questão da teologia da dependência e do pertencimento.

O texto “O caminho para as ruas: como uma criança se perde de sua família” apresenta 4 passos infelizes que acontecem no seio da família e fora dela, que acarretam o afastamento da criança de sua família e a perda da mesma para as ruas, mostra as mudanças necessárias para que situações lamentáveis não ocorram.

A questão da adoção tardia também é apresentada, a edição mostra os desafios na adoção de uma criança mais velha, como preparar a família, lidar com a criança e superar os obstáculos que podem ocorrer durante todo o processo, como lidar com a adaptação da família e do novo membro, mostrando que o amor e a sinceridade são base para que a adoção seja mais que uma realização para todos.

Finalizando a edição temos o texto “Boas Práticas na Abordagem de Rua” mostrando a iniciativa da Educadora Samily Marques de Lira, daqui de Recife, para mudar a forma como se faz o trabalho de apoio a pessoas que passam por situação de pobreza e exclusão social na cidade, infelizmente a matéria não esta completa, é cortada abruptamente após a primeira pagina, não sei se de forma proposital, já que isso nunca desde que tenho recebido as edições, as matérias geralmente são todas fechadas em cada edição, particularmente me pareceu erro de gráfica.

A nova edição ainda não esta com a capa publicada no site, então até o momento não tem como saber o que houve, mas fora esse pequeno detalhe a revista continua excelente com seu trabalho.

Conheça mais da Revista Mãos Dadas acessando http://www.maosdadas.org

Anúncios

2 comentários sobre “Dica de Leitura: Revista Mãos Dadas #27

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s